terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Quem sou eu?


Gente,


Hoje é o quinto dia como gorda em recuperação, até então não tinha sido tão difícil como hoje. Daí, como escrever, pra colocar o que sinto pra fora, tá se tornando uma constane na minha vida, resolvi dividir com vocês a minha angústia e, também, apresentar o meu perfil, que foi o que propomos no primeiro encontro.


Eu, Gabi Damásio, tenho 26 anos (mas, costumo dizer que tenho 22), formada em administração com habilitação em marketing, pela FARN, trabalho na área de eventos.

Tô em Mossoró tem uns 6 meses, moro sozinha, ainda não estruturei minha casa aqui, ou seja, como sempre na rua, sempre porcaria, sempre besteira, não vivo sem a coca normal - é, tem que ser a normal.

Com doces eu não tenho problema, não é meu forte, não faço questão. Mas, os salgadinhos(coxinhas, empadas e tudo desse segmento...) eu me acabo e nunca fico satisfeita com um só.

A refeição que mais consigo controlar é o café da manhã, ou é um suco de caixa ou um nescau, ou um danone. Tô tentando fazer o mesmo com o jantar, mas ontem fui comer pizza no xerifes e até a doce que não sou fã, eu comi também...


Pior mesmo, é você ter que se arrumar pra sair, ficar escolhendo a roupa que marca menos, pra tentar parecer menos fofinha... Esse é o adjetivo carinhoso que as pessoas que gostam de você lhe chamam pra parecerem educados.


Nunca fui tão gorda não, mas sempre estive acima do peso. A fase que mais estive magra foi quando fiz redução de mama, sequei tudo. Mas, depois de uns 6 meses voltei a engordar e daí fui oscilando. porém, nunca me enti tão obesa como agora.


A coisa que mais gosto nessa vida é comer, faço com tanto gosto, tanta vontade... tá sendo bem complcado segurar a onda, mas eu sou dterminada, eu sei que consigo.


Desculpa o desabafo, mas é que tô sonhando com tudo que eu gosto de comer ao mesmo tempo.


Gabi D.


Nenhum comentário:

Postar um comentário